Cruzeiro se torna maior campeão da Copa do Brasil

Copa do Brasil

copa_brasil01

 

A final entre Corinthians e Cruzeiro na Copa do Brasil, desta quarta-feira, ficou marcada como a pior partida de futebol disputada no país desde a implementação do árbitro de vídeo, o chamado VAR. Ajudado e prejudicado por dois erros de Wagner do Nascimento Magalhães, convicto das decisões mesmo depois de consultar ambos os lances na TV, o Timão foi derrotado por 2 a 1, perdendo assim o título da Copa do Brasil em plena Arena, em Itaquera. Na decisão, apenas dois jogadores do Corinthians tiveram o desempenho aprovado pela Fiel: o mais velho do elenco, Emerson Sheik, e o mais novo, Pedrinho. O atacante de 40 anos recebeu uma nota média de 7,2 no quadro Notas da Torcida, aqui do Meu Timão. Já o meia-atacante, de 20 ano, foi avaliado com uma nota de 6.8. Também foram relativamente poupados de críticas outros três corinthianos: o goleiro Cássio (5.5), o volante Ralf (4.9) e o meia e autor do único gol do Timão Jadson (5.0). E se há alguém que não merecia perder o título da Copa do Brasil, esse alguém são na verdade 30 milhões de ‘alguéns’. Os mais de 46,5 mil torcedores do Corinthians presentes na Arena entoaram em alto e bom som o hino do clube, abafando de forma épica a festa que os cruzeirenses faziam no setor de visitantes. O show alvinegro foi exaltado nas redes sociais após a partida.

Fonte: https://www.meutimao.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *